48 horas em Portland

Postado em 29 março 2016

Pensando em agendar um albergue em Portland? Nós não te culpamos. É uma das cidades mais legais dos EUA, e incrivelmente amigável a mochileiros.  Laura Harker, editora assistente no Slow Berlin, acabou de vir de lá – e nós pedimos a ela algumas dicas rápidas para um final-de-semana cheio de diversão...

Portland, a maior cidade de Oregon, é conhecido por seus pensadores liberais, hipsters e cervejarias independentes. A área do centro da cidade é muito compacta e extremamente fácil de percorrer a pé, e a cidade também ostenta um dos melhores sistemas de transporte público da América, significando que você poderá circular tanto quanto possível em apenas dois dias.

Dia um

Manhã: Comece o dia com uma dose de açúcar no icônico Voodoo Doughnuts em Old Town. Essa padaria aberta 24 horas tem filas que vão porta aforam, mesmo nas primeiras horas da manhã. A decoração eclética é de enlouquecer, assim como os donuts açucarados na vitrine, que vão de simples donuts em barra feitos de leite até centenas de opções de cobertura com cereal do café-da-manhã. 

Hostels e Albergues - Voodoo Doughnut
© Copyrights: Kenny Louie

Durante o dia: Para queimar as calorias, siga até os bancos do Rio Willamette. Localizado na margem do Parque Aquático Tom McCall,  a Feira de Sábado em Portland acontece em todos os finais de semana e mostra peças artesanais de alguns dos melhores artesãos do Noroeste do Pacífico. Animadores de rua cativam as multidões, e os carrinhos de comida vão te dar fome com sua comida barata. Entretanto, veja as paisagens e ouça os sons da cidade percorrendo o Rio Willamette — cruzando as Pontes Hawthorne e Steel, o que nos prejudicou 3 milhas no total.

Hostels e Albergues - Ponte Hawthorne
© Copyrights: Stuart Seeger

Noite: Pok Pok é uma das melhores opções de Portland para jantar. Seu restaurante no Distrito Sudeste tem uma atmosfera deplorável que complementa perfeitamente a comida de rua tailandesa. Se você esquecer de fazer a reserva, pode ser que a espera seja longa, mas você sempre pode usar o seu tempo experimentando a surpreendende e saborosa bebida de vinagre nos restaurantes Whisky Soda Lounge.

Dia dois

Manhã: Comece o seu segundo dia de descanso com um assado encorpado nos arredores descolados da Case Study Coffee Roasters no Centro da Cidade, e então, depois de tomar um café, siga até o mundialmente famoso Powell’s City of Books. A maior livraria independente no mundo, a loja principal da Powell’s Books’ ocupa um quarteirão inteiro entre o centro da cidade e o Distrito Pearl. É possível usar muitas horas percorrendo os três andares de livros volumosos, periódicos e revistas, especialmente se você for até lá pela sua cafeteria, que serve café de uma das mais famosas torradores de café, World Cup Coffee.

Hostels e Albergues - Powell’s City of Books
© Copyrights: Peyri Herrera

Duante o dia: Dê um pulo no trem MAX e siga para o Washington Park. Esse extenso parque urbano é onde fica o Zoológico de Oregon, assim como seu colorido jardim de rosas, dois museus e o muito popular Jardim Japonês. Siga até o parque Pittock Mansion para um passeio guiado ao redor do castelo Francês de estilo renascentista, ou apenas aprecie as vistas deslumbrantes pela cidade até o topo cheio de neve das montanhas da Cordilheira das Cascatas.

Hostels e Albergues - Jardim Japonês
© Copyrights: Paul VanDerWerf

Noite: Portland leva a sério no que diz respeito a sua cervejarias artesanais locais – há 58 cervejarias só na cidade – então as noites em um dos muitos bares de cerveja é algo que você precisa experimentar. Geralmente no Punters é possível comprar 'tábuas de petiscos' com aproximadamente 6 provas por $8-13. O Ecliptic Brewery, no Distrito Sudeste, é uma das novas adições ao cenário da cerveja artesanal, e oferece curiosas invenções como a cerveja engarrada de uva Pinot Noir.