Por que a Alemanha é o melhor país da Europa para conhecer de trem

Postado em 29 março 2016

Pensando sobre uma viagem InterRail este ano? Nós pedimos ao escritor de viagens e especialista em viagens de trem Jools Stone para nos contar sobre seu principai destino europeu de trem...

Por anos, o InterRail dominou o mercado no verão dos mochileiros, com um grande passeio sendo um rito de passagem essencial para muitos mochileiros. Nos dias dia hoje, um bilhete não proporciona muitas coisas para se lembrar, mas não desista da Europa ainda. Ao invés de ir para o "inferno de couro" tentando completar tanto países quanto possível em duas semanas, por que não viajar uma viagem de trem em um único país? Se você escolher um país e seguir firme nele, você irá ter um melhor entendimento da cultura e provavelmente irá obter mais da linguagem local também.

Para onde ir é com certeza uma decisão altamente pessoa, mas eu gostaria de recomendar a Alemanha, que é especialmente misercordiosa com viajantes novatos de InterRailers, graças a ter a maior rede no continente. Além disso, você pode ir agora de Londres a Colônia, via Bruxelas, em cinco horas, fazendo do trem uma alternativa viável do que chegar de avião.

E mais, a Alemanha fica no coração da Europa, o que faz com que ela seja o local ideal para uma viagem rápida de dia através da fronteira para países como Polônia, Áustria e República Checa.

Serviços super tranquilos

Pode ser um pouco esterotipado, mas a reputação da Alemanha pela sua eficiência definitivamente se aplica no que diz respeito aos trens. A operadora nacional D Bahn declara que 90% de seus trens chegam entre 5 minutos de seu tempo marcado, e greves acontecem raramente.

Escolha alemã

A maioria dos viajantes tendem a circular entre as cidades e você deve, definitivamente, passar algum tempo na hipster HQ que fica em Berlim, o ponto crucial artístico e de música eletrônica de Dusseldorf e a histórica e repleta de cerveja Munique. Mas há ainda mais formas de explorar também, das adegas e cidades universitárias no Vale do Rio Reno, até as vistas alpinas da Bavária Meridional e os penhascos calcários e praias arenosas da costa do mar Báltico. A extensão da rede significa que é fácil de descobrir cidades rurais repletas de sabor regional.

Lanches no caminho

A Alemanha pode não ter a melhor reputação culinária da Europa, mas isso na verdade fica a seu favor se você está fazendo um mochilão. Não há escassez de barracas de pretzel ou currywurst para se manter satisfeito por poucos euros, enquanto a maioria das cidades está inundada de kebabs de primeira.

ICE ICE baby

Para aqueles que não se importam de ostentar uma melhoria, os trens de alta velocidade no GELO da Alemanha são os melhores na Europa. Mesmo na classe padrão, os assentos são grandes e confortáveis e com WiFi a bordo que são confiáveis também. Através deles, você pode ir de Berlim a Colônica em apenas quatro horas, ou de Munique a Stuttgart em rápidas duas horas.

Trens noturnos

Serviços de trem com leito para dormir tem sofrido algumas perdas nos últimos anos, mas a Alemanha tem vários stalwarts atendendo a maioria das principais cidades. Pode ser uma forma fácil para atravessar o país enquanto você dorme (ou talvez, mais precisamente, cochile e acorde após muitos Jägermeisters). Os preços variam de 60 euros para um beliche em um "dormitório virtual rolante", compartilhado com outras 5 pessoas. O exaustivo site Man in Seat61 tem guias detalhados de cada um.

Legado do albergue

A Alemanha foi o local onde surgiram os albergues, então tenha costeletas impecáveis quando vier se hospedar por uma noite. O professor de escola Richard Schirrmann montou o primeiríssimo albergue do mundo em 1912, em North Rhine, cidade de Altena.

Nos dias de hoje há pouquíssimas pequenas diferenças entre a maioria dos albergues baratos e albergues dentro do orçamento, e a Alemanha tampouco tem carência deles. A maioria dos centros urbanos estão repletos de albergues, então ainda que você esteja procurando por uma cama em dormitório, um quarto privativo ou uma acomodação para grupo, você irá encontrar algo que atenda todas as suas necessidades básicas e algumas mais.

Jools Stone é um escritor de viagem freelance que mora em Brighton, com uma predileção por viagem de trem, histórias em quadrinhos sombrias e bandas americanas ruins. Veja seu site Railway Stays para mais inspiração.